31
maio
2011

Making of reforma

Postado por em stop motion

Hoje mostrarei um pouco de como foi a reforma aqui no escritório.
Foi uma reforma simples, prazo curtíssimo e baixíssimo custo, mas com uma mão de obra enorme!
Sim, quem botou a mão na massa fomos nós aqui de casa. Foram 4 dias em uma emenda de feriado ralando (mesmo!) para que o escritório estivesse pronto para receber um cliente numa segunda-feira.

Como todo mundo sabe, se o custo é baixo, a criatividade tem que vir em dobro! então fiz um breve sketch de como imaginava que ficaria, mas no decorrer da reforma acabamos mudando um pouco a ideia no que diz respeito ao armário que você verá mais abaixo.

Pintamos os móveis, mudamos um pouco a disposição de algumas coisas e olha, até que deu para enganar. Minha intenção também era deixar o ambiente, que é pequeno, parecer um pouco mais leve e amplo.
Para isso pintamos tudo de branco, trabalhando alguns detahes em amarelo para dar um ar mais leve tanto visual quanto físico.

Anteriormente os armários dispostos um em cima da outro, texturizados com uma única cor também “pesavam” no ambiente. Então decidi desmembrá-los, pintar com cores sólidas, instalar pés de rodízio e colocá-los lado a lado, que além de dar um ar mais leve e moderno, fica prático também para mover na hora da faxina.

Sem falar das paredes que tinham grandes problemas de umidade. Ao começar a limpeza, percebemos que grande parte dela estava “fofa”, então decidimos quebrar até onde dava e aproveitar a deixa do tijolo aparente para fazer uma brincadeira nela. Com isso, não precisamos tapar o buraco com cimento (o que ia demorar muito pra secar), deixamos a parede respirar e o resultado ainda ficou interessante 🙂

Substituí também a cor azul pelo concreto, que ficou bacana acompanhado de alguns detalhes em amarelo espalhados pelo ambiente. Veja nos clássicos “antes e depois”:

E making of, aqui no Magel Studio não pode faltar né?

Ah! Antes que você me pergunte quanto gastei para fazer essa belezura, eu lhe digo. Entre tintas, massas, solventes, rolinhos e tomadas externas gastamos em torno de R$180,00. Vale lembrar que alguns pincéis, lixas, espátulas e a resina nós já tínhamos guardado, então conseguimos também aproveitar alguma coisa.

Peões da obra:
Arquiteto/peão/instalador/fotógrafo Marco
Mestra de obra/copeira/pintora Mara
Pintora/acabamentista/decoradora Gelca
Chefe de demolição/desinstalador Fábio

Veja todos os posts sobre: