27
maio
2011

Uma viagem pela Amazônia

Postado por em fotografia, livros

Começo hoje o primeiro de uma série de posts sobre a Amazônia, lugar em que passei uma semana curtindo, fotografando e procurando absorver ao máximo da cultura que consegui ver neste curto espaço de tempo.
Fotografar não foi foco nem o objetivo da viagem, mas é uma coisa que também não fica em segundo plano. A fotografia na minha vida é muito presente, principalmente nas viagens, que possibilitam registrar as mais diferentes paisagens e culturas. Então vou a passeio e aproveito para tirar o melhor dessa atividade que gosto tanto.

Christoph, o guia alemão

Além do visual único, houveram outras coisas que para mim marcaram a viagem. Uma delas é o fato de que nos passeios feitos na Amazônia, quase não se vê brasileiro fazendo turismo. Uma pena.

A começar por um guia que comandava um dos passeisos que fizemos a bordo do Amazon Clipper Cruises (Cujo nome também é em inglês), barco que passamos 2 dias e meio fazendo um tour pelos rios conhecendo comunidades ribeirinhas, contemplando a paisagem, entre outras atividades locais. O guia, muito atencioso por sinal era alemão, está no Brasil a 7 anos e ainda fala o nosso português com bastante sotaque. Para reforçar ainda essa “internacionalização”, o gerente da frota de barcos é suiço.

Neste passeio os únicos brasileiros presentes eram a tripulação, eu e minha irmã. No grupo tinham dois franceses, uma australiana, um malaio e o resto alemão. Muitas vezes senti que não estava no meu próprio país. Uma sensação estranha.

Barco de gringo

Gringo na mata

Gringo filmando

Inclusive no barco havia alguns livros que falavam sobre a Amazônia. Adivinha em que língua?

Para mim foi um choque conviver com essa realidade que no fundo eu já sabia, mas ver isso de perto foi bizarro. Uma pena também saber que a Amazônia não é nem de longe um destino turístico na lista da maioria dos brasileiros. Todo mundo quer ir para Buenos Aires ou para a Europa. Mas viajar pela Amazônia e conhecer sua diversidade é uma experiência rica que todo brasileiro devia ter.

Depois falam da entrevista da Banda Restart em que um deles diz que não sabe nem se há civilização na Amazônia. Muita gente se revoltou com a declaração, mas o desconhecimento da nossa cultura vai muito além do Restart. Muita, mas muita gente ainda pensa como ele.

E como não quero dar uma gafe dessas numa entrevista se um dia eu ficar famoso, comprei um livro bacana que fala tudo sobre a Amazônia. Ainda estou lendo, mas recomendo!

Capa do livro

Para quem interessar:
Livro História da Amazônia
Autor Márcio Souza
Editora Valer

E em breve postarei fotos da Amazônia por assunto (casas, paisagens, barcos, pássaros…)

Até!