12
agosto
2009

Revista Plug 2009

Em meados de maio a Plug, revista publicada anualmente pelos alunos do Curso Abril de Jornalismo me chamou para participar de uma entrevista que faria parte de uma matéria sobre novas mídias. Entre os entrevistados representei a profissão de Arquiteto de Informação.

Bom, a edição saiu agora em agosto e o que eu não previa era mudar de empresa antes do lançamento da edição. Pois é, surgiu uma oportunidade na TV1 e agora estou indo cuidar de um grande projeto. Pois bem, avisei o pessoal da redação a respeito da mudança e eles atualizaram a matéria antes que fosse impressa. Veja como saiu:

revista-plug

VAGAS ABERTAS
No passado recente, eles não teriam emprego na Abril. Suas funções simplesmente não existiam
texto Amanda Zacarkim e Elisa Tozzi design Marina Brant foto Diogo Salles

Marco Moreira_Arquiteto de Informação_
Se você nunca construiu um prédio, como pode ser arquiteto? Essa é a pergunta a que o arquiteto de informação Marco Moreira, 32 anos, mais tem de responder. Para tanto, ele lança mão da metáfora: “Desenhar um site é como erguer um edifício. É preciso avaliar o terreno, entender o que o cliente quer e montar uma estrutura que priorize o usuário”. Webdesigner por formação, Moreira trabalhou na Abril até julho de 2009 e se envolveu com arquitetura de informação quando era estagiário, cinco anos atrás. Organizado e louco por planilhas, ele adora trabalhar nas etapas de criação de um site, que começam em pesquisas com internautas, passam por rascunhos de layout e chegam aos testes de navegabilidade. Testes que nunca terminam. “Sites são seres vivos; estão em constante mutação”, diz.

Abaixo a revista Plug 2009 completa para folhear: