13
junho
2009

Arte em caixa

Longe de querer ser artesão, confesso que é uma terapia fazer trabalhos fora dessa tela luminosa que você vê na sua frente. Todos os dias ficamos em frente delas e muitos designers (principalmente os que trabalham com web) limitam-se ao digital. Não que seja ruim, mas voltar ao papel, a tinta e ao tato de materiais é muito legal, além de abrir a cabeça para a criação.

Ultimamente ando meio obcecado por pintar e ilustrar com caneta preta tudo o que tem espaço em branco na minha frente!..rs

Tá aí uma caixa que ilustrei em aproximadamente 20 minutos de trabalho.

Abaixo do resultado final explico como foi babinha fazer.

Caixa finalizada

Detalhe do início do desenho

Primeiro tracei triângulos em toda a superfície

Detalhe do padrão empregado

Desenhei dentro de cada triângulo começando do canto e abrindo o traço até chegar ao limite da área.

Detalhe do padrão repedido

E repeti o mesmo em todos os triângulos. Simples assim.

Close da caixa finalizada

É fácil, rápido e além do resultado ficar legal você ainda treina a firmeza da sua mão para desenhar traços retos.

Fiz este desenho com triângulos, mas também dá pra pirar em padrões semelhantes com quadrados, pentágonos, hexágonos, eptágonos. Inclusive ajuda a lembrar todos esses nomes que aprendemos em Desenho Geométrico (ou Geometria) no colégio! =)

Lanço então o desafio:
Saia da frente dessa caixa de luz e faça um trabalho do tipo usando polígonos. Me mande e postarei aqui no blog assim que tiver pelo menos uns 4.

Veja todos os posts sobre: